Quanto custa automatizar uma Residência? – Guia para 2019

Quanto custa automatizar uma Residência? – Guia para 2019

O valor que você deverá investir para realizar a automação residencial irá depender muito do tamanho de seu imóvel e do tipo de tecnologia que pretende instalar nele.

No geral, os profissionais costumam cobrar um preço médio a partir de R$ 6.000,00, podendo chegar a custar mais de R$ 30.000 para fazer a automação residencial, sendo que esse custo não inclui o que você deverá pagar para adquirir equipamentos que sejam compatíveis com as ferramentas e dispositivos usados na automação residencial.

Em todo caso não há como negar, casas inteligentes são legais. Mas eles valem todo esse investimento? Bem, isso realmente depende de por que você está querendo uma casa inteligente e quais recursos você pretende adicionar.

A situação para cada uma das pessoas é diferente, por isso não existem soluções padronizadas. O que podemos fazer, no entanto, é olhar para cada elemento diferente das casas inteligentes e tentar obter uma estimativa ampla.

Algumas pessoas podem pensar que você pode obter algumas luzes inteligentes e alguns controladores e, poof, sua casa magicamente se completa. Não é bem assim que funciona.

A configuração não apenas leva algumas tentativas e erros,mas, na verdade, o planejamento de todos os recursos que você deseja em sua casa exigirá algumas pesquisas e um pensamento crítico.

Não planejar sua casa inteligente é uma ótima maneira de adicionar um monte de coisas caras em suas características,mas que você nunca precisou.

Antes de começar a planejar a automação da sua casa,provavelmente é uma boa ideia entender exatamente por que você planeja modernizar sua residência em primeiro lugar.

Porque preciso Automatizar minha Residência?

Adicionar automação à sua casa pode parecer “caro”, mas dependendo de por que você está pensando em automatizar e quais recursos você deseja adicionar, pode valer a pena o investimento. Essas são algumas das razões que fazem a automação residencial valer muito a pena:

Economizando Energia

Tenho certeza de que você já ouviu falar de pessoas economizando muito dinheiro em sua conta de energia usando termostatos inteligentes. Bem, esta é realmente uma das maiores razões pelas quais as pessoas entram no mundo da tecnologia residencial.

Não só você pode definir rotinas, mas você pode realmente fazer diversas outras coisas como ter seu termostato ligado automaticamente quando vê que você está se aproximando de sua casa.

Esse é apenas um dos muitos exemplos das coisas legais que você pode fazer com termostatos inteligentes. Esta tecnologia também tem sido uma grande ajuda para a indústria de aluguel de casa de férias.

Termostatos inteligentes combinados com fechaduras inteligentes tornam o aluguel de uma casa quase totalmente automático.

Iluminação Avançada

Me lembro de quando eu era criança, minha mãe costumava acender as luzes para me fazer acordar para a escola mais rápido. Bem, com a automação de iluminação você pode combinar suas luzes com uma rotina de despertar que acende as luzes para você.

Ou tenha um detector de movimento que acenda luzes no corredor quando você estiver indo ao banheiro no meio da noite.

Outra coisa legal é conectar suas luzes a um sistema de comandos por voz e fazê-lo começar um show de luzes extravagantes quando você diz algo como: “É hora de festa!” O ponto é que há uma tonelada de razões legais que podem te fazer pensar em obter uma iluminação inteligente em sua casa.

Segurança do Lar

Segurança, principalmente quando falamos de casas, pode ser um grande problema. Como a casa inteligente geralmente depende de um hub central, faz sentido que você tenha toda a sua configuração de eletrodomésticos inteligentes conectada a um hub de segurança.

Além disso, você pode utilizar recursos de automação para dar acesso especial aos convidados ou armar automaticamente sua casa quando estiver ausente.

Você pode até mesmo conectar suas câmeras de segurança à configuração da sua casa inteligente e ver quem está na porta através do interfone.

Quanto custa para automatizar uma casa?

Diversão (Yeah!!)

Claro que com qualquer nova tecnologia, sua família vai ficar animada por causa de suas tecnologias de ponta. Casas inteligentes são um ótimo projeto para os entusiastas da tecnologia, porque há uma infinidade de possibilidades.

Você pode até mesmo criar seu próprio hub doméstico inteligente com algo como um Raspberry Pi e plataformas de código aberto, como o Home Assistant ou o openHAB

Conveniência

Obviamente, a conveniência é um fator enorme no setor de automação residencial. Coisas como pedir ao seu assistente de voz para tocar uma música para você ou ter a porta da sua garagem automaticamente aberta quando você entra na garagem são apenas alguns dos muitos exemplos

Calculando os custos para Automatizar uma Casa

Então, agora que você tem uma boa ideia de por que você iria querer uma casa inteligente, você pode começar a quebrar a cabeça sobre os diferentes recursos que vai adicionar à sua casa.

Adicionando algo como um termostato inteligente é bastante óbvio; você gasta algumas centenas agora e salva milhares ao longo de dez anos.

A segurança é outra adição bastante óbvia. Você gasta algumas centenas em segurança avançada, você pode pensar nisso como um tipo de “seguro”.

Pode ser um pouco mais caro ter uma câmera com campainha, mas você certamente ficará grato se impedir que alguém roube esses pacotes caros de aparelhos.

Fechaduras e automação de portas de garagem dependem da sua situação. Se você tem filhos que chegam da escola antes de você chegar em casa, por exemplo, ter um aplicativo em seu telefone para desbloquear todas as portas certamente poderia ser útil.

Então, é claro, você tem seus assistentes de voz, iluminação inteligente e centros de entretenimento, que são muito mais divertidos do que práticos.

Quer dizer, você pode economizar algum dinheiro se as luzes apagarem quando você não estiver em casa, e com lâmpadas LED nos dias de hoje você provavelmente economizará muito.

Quanto custa automatizar uma casa?

Conclusão

Para determinar se a automação residencial vale a pena para você, descubra porque você quer serviços de automação residencial em primeiro lugar.

Essas razões darão a você algo para mensurar o quanto a automação residencial vale a pena, mesmo que seja uma resposta qualitativa como “conforto”, “conveniência” ou “tranquilidade”.

Não há nada de errado nessas razões. Além disso, conforto e tranquilidade geralmente se traduzem em benefícios quantitativos, como redução de custos e valor de revenda.

Se você estiver interessado em obter segurança, conforto e tranquilidade solicite um orçamento gratuito on-line com a Bass Automação.

Como Funciona Automação Residencial ?

Como Funciona Automação Residencial ?

Você está curioso sobre o que é a automação residencial e como ela pode tornar sua casa mais confortável e habitável? Então você está no lugar certo! A cada ano, mais e mais consumidores estão descobrindo que os sistemas de automação residencial, longe de serem a competência de apenas as pessoas mais experientes em tecnologia, têm algo a oferecer a todos.

Como Funciona Automação Residencial?

Simplificando, a automação residencial descreve um sistema de dispositivos controlados por rede que trabalham juntos para tornar sua casa mais confortável, personalizada, eficiente e segura. Você “fala” com sua casa automatizada por meio de um controle remoto ou dispositivo inteligente.

Casas com alto grau de automação costumam ter todos os seus dispositivos automatizados acessíveis em um único dispositivo, facilitando o controle da sua casa com o toque de um botão.

O intervalo de controles que você tem em seus dispositivos automatizados varia de acordo com a finalidade do dispositivo. Alguns controles permitem que você ligue ou desligue um dispositivo em um horário específico, enquanto outros dispositivos podem ser acionados por alguns eventos externos.

Você provavelmente já vive com uma série de dispositivos automatizados em sua casa: dispositivos automatizados incluem termostatos e outros dispositivos de aquecimento e resfriamento, sistemas de alarme, luzes, persianas e cortinas, e até mesmo sistemas de áudio!

Embora uma casa realmente automatizada possa ter todos os itens acima (e mais), a boa notícia para o consumidor de hoje é que você tem a capacidade de escolher os aspectos da automação residencial que são para você.

Quaisquer que sejam suas necessidades e preferências, agora é um momento emocionante para se envolver com o campo de automação residencial. No passado, a automação era algo que apenas os edifícios comerciais e as residências mais sofisticadas poderiam realmente aproveitar.

No entanto, os avanços tecnológicos e o aumento da demanda por essas tecnologias dimensionadas para o lar significam que, finalmente, a automação residencial está ao alcance dos consumidores que desejam criar um lar realmente inteligente e intuitivo.

Já se foi o tempo em que os dispositivos de automação residencial eram caros e difíceis de usar. As marcas de ponta de hoje investiram muito na experiência do usuário, pois sabem que o consumidor experiente de hoje não está interessado em um produto que dá trabalho para ser utilizado. Essa é uma boa notícia. Aqui, mergulhamos um pouco mais na automação residencial, com o objetivo de ajudá-lo a decidir se a automação residencial é ideal para você.

O que pode ser Automatizado ?

O que pode ser automatizado?

Imagine isso: você acabou de chegar ao trabalho. De repente, você começa a sentir aquela sensação estranha, familiar e que te deixa ansioso. Algo está errado. Você deixou o fogão ligado? A porta está destrancada?

Se sua casa não estiver automatizada, você pode sentir que não tem outras opções a não ser fazer as malas e ir para casa para desligar o forno / trancar a porta.

Mas uma casa automatizada vai cuidar disso para você. A partir da conveniência do seu smartphone ou tablet, você tem a capacidade de investigar e corrigir todos os cenários acima.

Verifique o estado dos utensílios de cozinha comuns, tranque e destranque as portas, até mesmo examine os animais de estimação (ou os seus filhos!) Através da câmera de vigilância para se certificar de que tudo está ok na sua casa.

Além de tornar mais fácil, no caso de você ter um lapso de memória, a automação residencial pode simplesmente melhorar sua execução em casa. Tome, por exemplo, termostatos automatizados. Existem vários produtos populares e respeitados no mercado hoje que permitem que você controle a temperatura de sua casa remotamente. Se ninguém vai estar em casa, você define a temperatura baixa.

Chegando em casa às 18h? Um termostato automatizado permitirá que você diga ao aquecedor para ligar às 17h, para que, quando todos chegarem, a casa esteja quentinha e aconchegante.

Na verdade, hoje em dia, existem alguns termostatos automatizados que são tão inteligentes que podem até começar a aprender seus hábitos e prever o que você deseja na ausência de diretrizes específicas suas!

De aparelhos de cozinha, a iluminação de segurança e câmeras, para persianas e cortinas, há realmente algo para todos lá fora. O truque é pesquisar antes de se jogar nesse mundo novo – enquanto há produtos melhores do que nunca no mercado, nem todo mundo precisa de tudo que pode ser automatizado. Antes de tomar a iniciativa e automatizar um aspecto específico da sua casa, certifique-se de compreender os custos e benefícios de automatizar esse dispositivo em particular.

Benefícios da Automação Residencial

Quais são os benefícios de uma casa automatizada?

Os benefícios são muitos. O primeiro e muitas vezes mais persuasivo benefício da automação residencial é o fator conveniência. Não há nada como ser capaz de se comunicar remotamente com a sua casa, de onde você estiver. Uma casa inteligente é verdadeiramente o próximo nível em conveniência e personalização. No entanto, para não ser encoberto são alguns dos benefícios auxiliares da automação residencial. Esses incluem:

Segurança e proteção

Uma casa inteligente é aquela que antecipa suas necessidades, mesmo quando você não está lá. Já falamos sobre dispositivos que aceleram quando você precisa, mas agora vamos falar um pouco sobre algo que vai além do simples conforto. A segurança da sua casa é provavelmente uma das coisas mais importantes para você.

A automação residencial pode tornar uma casa segura ainda mais protegida.

Digamos, por exemplo, que você tenha convidados para o final de semana. Querendo que eles tenham a liberdade de ir e vir, você fornece uma chave para a duração da estadia. Mas os convidados da casa podem não se adaptar ao uso delas, e se eles perdessem por engano as chaves? Trocar todas as fechaduras se tornaria um investimento caro, mas não fazê-lo poderia colocar a segurança de sua casa em risco.

Um sistema de bloqueio automatizado pode acabar com toda essa preocupação e despesa. Em vez de distribuir chaves físicas, os sistemas de entrada sem chave em sua casa permitem que você forneça aos hóspedes da sua casa um código. Quando eles não precisarem mais acessar sua casa, você poderá simplesmente excluir o código. Este é apenas um exemplo entre muitos de como a automação residencial pode aumentar a segurança de sua casa.

Conveniência da Automação Residencial

Eficiência

Além de melhorar a segurança doméstica, a automação residencial pode tornar o seu funcionamento mais eficiente. Com cada vez mais proprietários procurando maneiras de tornar suas casas mais verdes, não é de admirar que os dispositivos automatizados tenham preenchido esse nicho.

Persianas e cortinas automatizadas são um exemplo maravilhoso do que a automação residencial oferece em vários níveis. As persianas motorizadas não são apenas muito mais convenientes do que alterar manualmente a posição de todos as cortinas em sua casa todos os dias, mas podem ajudar a sua casa a se tornar mais eficiente. Como?

Considere o seguinte: Em um esforço para reduzir as contas de energia, você desliga o ar condicionado durante o verão, quando ninguém está em casa. Você pode ter algumas horas quentes depois de voltar para casa enquanto espera que a casa esfrie novamente, mas então percebe que suas janelas estão realmente trabalhando contra você todo esse tempo.

Quando suas persianas ou cortinas permanecem na mesma posição durante todo o dia, elas deixam o sol entrar para aquecer seu espaço. Embora este seja uma vantagem no inverno, no verão a situação é diferente, quando você tem que baixar a temperatura em sete graus.

Em vez de permitir que a Mãe Natureza aqueça as coisas lá dentro, programe suas persianas para levantar e fechar a tempo com o sol.

Conclusão

Nesse post você entendeu um pouco mais como funciona a automação residencial e como ela pode mudar a sua vida para melhor, trazendo cada vez mais tecnologia e eficiência para a sua vida. Se você quiser saber um pouco mais sobre como funciona a automação residencial, não deixe de entrar em contato conosco, o time de especialistas da Bass Automação está a disposição para esclarecer todas as suas dúvidas e desenvolver uma solução personalizada para você.

Benefícios da Automação Residencial: 6 Vantagens Incríveis!

Benefícios da Automação Residencial: 6 Vantagens Incríveis!

Os benefícios da automação residencial normalmente se enquadram em algumas categorias, incluindo economia, segurança, conveniência e controle. Além disso, alguns consumidores compram automação residencial para conforto e tranquilidade.

Os proprietários de imóveis já estão colhendo os benefícios da automação residencial

Até recentemente, a ideia de automação residencial era relativamente desconhecida para a maioria das pessoas. No entanto, à medida que mais produtos e tecnologias se tornam mais facilmente acessíveis, as pessoas em todo o país já estão atualizando suas casas.

Então, o que é automação? Simplificando, a automação doméstica coloca o controle de sistemas domésticos básicos nas mãos do proprietário e fornece acesso a partir de um ponto remoto – como um aplicativo de smartphone ou em uma unidade centralizada dentro de casa.

Assim como parte da tecnologia futurista vista na televisão em programas como “The Jetsons” ou “Star Trek”, agora é possível controlar coisas como a temperatura de sua casa, iluminação e até mesmo sistemas de segurança com o toque de uma tela, o toque de um dedo e o som da sua voz.

Se a ideia de uma casa inteligente e automatizada parece muito “hi-tech” para o seu gosto, ou você acha que esses tipos de produtos provavelmente custam um braço e uma perna, pense novamente. O futuro é agora e é completamente acessível. Além disso, há muitos benefícios ocultos em automatizar sua casa que você pode não ter pensado antes.

Veja aqui alguns dos maiores benefícios da automação residencial:

Economia

Termostatos inteligentes e lâmpadas inteligentes economizam energia, diminuindo os custos das concessionárias ao longo do tempo. Algumas tecnologias de automação residencial também monitoram o uso da água, ajudando a evitar contas de água exorbitantes. Certos dispositivos até oferecem descontos.

Segurança

Muitas tecnologias de automação residencial estão sob a esfera da segurança doméstica. Os consumidores compram esses dispositivos porque querem tornar suas casas mais seguras e tranquilas. A iluminação automatizada ajuda a inibir a ação de possíveis invasores, através dos sensores de movimento que também auxiliam as pessoas a andarem nos corredores e áreas externas tarde da noite.

Câmeras de segurança oferecem benefícios adicionais por meio do monitoramento remoto e por empregarem sistemas de vídeo em tempo real para os habitantes da casa, informando os proprietários até mesmo sobre a existência de visitantes indesejados.

Conveniência

Como a tecnologia de automação residencial realiza tarefas de rotina automaticamente, os usuários finais experimentam grande conveniência. Muitos aparelhos são compatíveis entre si e você pode definir diferentes gatilhos entre os dispositivos para automatizar processos domésticos regulares. Por exemplo, você pode configurar as fechaduras para ativarem a iluminação quando você girar a chave na porta da frente.

Benefícios da Automação Residencial

Controle

Os consumidores também escolhem dispositivos domésticos para melhor controlar as funções dentro de casa. Com a tecnologia de automação residencial, você pode saber o que está acontecendo dentro de sua casa em todos os momentos.

Conforto

Algumas pessoas usam tecnologia para gravar programas ou para tocar música em toda a casa. Os dispositivos conectados também podem ajudar a criar uma atmosfera confortável – eles fornecem iluminação, som e temperatura adaptáveis, o que pode ajudar a criar um ambiente cada vez mais convidativo para os seus habitantes.

Paz de espírito

Finalmente, muitos consumidores investem em tecnologia de automação residencial para tranquilidade. Uma mãe ou pai de primeira viagem podem verificar o seu pequeno graças a câmeras de segurança e outras tecnologias. Ou, se você nunca lembra quando trancou a porta depois de sair, pode passar a verificar isso remotamente com um simples toque na tela do celular.

A Bass Automação está capacitada a oferecer a seus clientes diversas soluções tecnologicamente compatíveis com suas necessidades e permitir que você também explore todos os benefícios da automação residencial.

Composta por profissionais capacitados, a equipe da Bass Automação acompanha todo processo de instalação do sistema, desde o desenvolvimento do projeto, implementação e comercialização dos produtos, sempre respeitando ao máximo o meio ambiente e priorizando o consumo responsável de energia e recursos, para tornar a sua vida mais prática, com o máximo de conforto e segurança.

Conheça a Bass Automação e veja como nossos serviços podem facilitar a sua vida e ainda deixar a sua casa mais inteligente!

Sistema de Automação Residencial: Como Escolher um Perfeito

Sistema de Automação Residencial: Como Escolher um Perfeito

A automação residencial tem estado conosco por muitos anos e você pode vê-lo em pequena escala de muitas formas. As tábuas de lavar roupas, caixas de gelo e fogões a lenha de ontem tornaram-se as máquinas automáticas de lavar roupa, refrigeradores e sistemas HVAC de hoje. A casa moderna é uma homenagem viva ao avanço da tecnologia nas áreas de iluminação, eletrodomésticos, segurança, aquecimento / refrigeração e home theater.

No entanto, a integração desses sistemas sempre foi o elo perdido. O objetivo de um bom sistema de automação residencial é conseguir essa integração e oferecer controle centralizado para toda a sua casa!

Com esse objetivo em mente, é hora de enfrentar alguns fatos. Com todas as tecnologias de automação residencial disponíveis em dezenas de fabricantes, escolher um sistema de automação residencial pode ser uma experiência assustadora e desconcertante.

Para muitos proprietários, esse é um trabalho que deve ser deixado para os profissionais.

Use o seguinte guia passo a passo para ajudar a mapear sua estratégia de automação e evitar alguns erros comuns.

Confira alguns dos sistemas de automação residencial mais conhecidos e entenda como eles funcionam:

PASSO # 1 – Esqueça tudo o que você sabe sobre um sistema de automação residencial!

Ou pelo menos, deixe seu conhecimento de lado por enquanto. Para alguns, este pode ser o passo mais difícil, mas é absolutamente essencial. Por quê? Porque os maiores erros geralmente ocorrem quando decisões importantes são tomadas na ordem errada ou pelas razões erradas.

Com a automação residencial, como em muitas outras áreas, um pouco de conhecimento pode ser uma coisa muito perigosa. Então, limpe sua mente de quaisquer preconceitos primeiro. Ponha de lado qualquer pensamento que você possa ter sobre quais tecnologias você quer usar ou quais produtos você quer comprar. Haverá muito tempo para isso depois de você ter feito uma lição de casa básica e planejado a base para o seu sistema.

PASSO # 2 – Passe um pouco de tempo no seu quarto favorito.

Está certo. Encontre o seu quarto favorito e sente-se. Fique confortável. Tire alguns minutos para olhar em volta e se familiarizar com o que está ao seu redor. Agora pegue um lápis e papel e pergunte a si mesmo: “O que eu quero automatizar?”

Se você estiver na sala de estar, talvez queira automatizar a iluminação, as persianas, o sistema de som ou o equipamento de home theater. Em outras salas, pode ser o sistema de segurança, sprinklers, portas de garagem, etc. Anote tudo e repita este passo para todos os quartos (e sistemas) menos “favoritos” em sua casa. Esta será sua lista de automação.

PASSO # 3 – Ponha sua Cabeça para Funcionar

É hora de ser criativo! Agora que você tem sua lista de automação, você sabe o que você quer controlar. É hora de decidir como controlá-lo. Para simplificar, vamos nos referir a esses métodos como controlar “gatilhos”. Agora, vamos considerar algumas possibilidades de disparo para um interruptor de luz comum:

  • Gatilho # 1 – manual. Você liga o interruptor (ou desligado) com o dedo!
  • Gatilho # 2 – tempo absoluto. O interruptor liga (ou desliga) a uma determinada hora do dia.
  • Gatilho # 3 – nascer do sol / pôr do sol. O interruptor liga (ou desliga) ao amanhecer ou ao pôr do sol (ou a uma hora relativa ao nascer ou ao pôr do sol)
  • Gatilho # 4 – mudanças ocorrem em sua casa – O interruptor liga (ou desliga) quando o movimento é detectado ou ocorre um alerta do sistema de segurança ou quando a campainha toca, etc.
  • Gatilho # 5 – reconhecimento de voz – O interruptor liga (ou desliga) quando você fala um comando.
  • Gatilho # 6 – phone – O interruptor liga (ou desliga) quando você liga para casa e emite comandos de voz.
  • Gatilho # 7 – condicional – O interruptor liga (ou desliga) 30 minutos após o pôr do sol quando o movimento é detectado e seu termostato está acima de 30 graus!

Existem mais gatilhos? Certo! As possibilidades são vastas. Use sua imaginação e liste todos os gatilhos que você deseja para tudo na sua lista de automação.

PASSO # 4 – Escolha um “cérebro”.

Ou seja, escolha um cérebro ou controlador principal para sua casa. Você pode fazer isso agora, já que você sabe o que você quer controlar e como você quer controlá-lo. Os controladores principais estão disponíveis em configurações baseadas em hardware, software e híbridos. Cada opção oferece vantagens específicas em termos de confiabilidade, potência e flexibilidade. A chave é escolher aquele que oferece o melhor “equilíbrio” para sua casa.

Controlador baseado em hardware

Se as suas necessidades forem simples, você pode considerar um controlador de automação baseado em hardware. A maioria destas unidades são robustas e bem projetadas para serem instaladas em um gabinete de fiação estruturado. Os controladores de hardware tendem a ser muito confiáveis, mas geralmente incluem pequenos processadores centrais (CPUs) que limitam suas opções para acionadores de automação.

Controlador baseado em software

Se as suas necessidades de acionamento forem mais complexas ou você planeja usar várias tecnologias diferentes, você pode considerar um controlador baseado em software. Estes sistemas são muito poderosos e flexíveis, alguns até incluem scripting e suporte ‘plug-in’ para trabalhar com novas tecnologias e dispositivos à medida que se tornam disponíveis. Se você seguir esse caminho, planeje usar um computador dedicado à melhorar a confiabilidade.

Controlador híbrido (hardware / software)

Se as suas necessidades forem complexas e você precisar do nível máximo de confiabilidade, considere um controlador híbrido (hardware / software). Essas novas unidades oferecem o poder e a flexibilidade de um sistema baseado em software com a confiabilidade e a facilidade de instalação de um controlador baseado em hardware. Esteja preparado para pagar um pouco mais por essas unidades, pois elas incluem processadores mais poderosos. Os melhores são projetados com software incorporado, não incluem partes móveis e podem suportar funções avançadas, como reconhecimento de voz, processamento de texto em fala e acesso remoto (via web).

PASSO # 5 – Escolha suas tecnologias

Infelizmente, este passo é muitas vezes levado antes de um claro entendimento do sistema de automação residencial ser desenvolvido. Aqueles que cometem esse erro geralmente acabam perdendo tempo e dinheiro.

Lembre-se: é muito mais fácil escolher tecnologias que atendam às suas necessidades do que ajustá-las às suas opções de tecnologia! Ao revisar as opções abaixo, escolha as tecnologias que melhor lhe atendem e adicione-as à sua lista de automação.

Aqui estão algumas tecnologias comuns de controle de automação a serem consideradas:

Hard-wired

Os fios (normalmente cabos CAT5) são executados por um controlador de sub-sistema para cada dispositivo. Aplicação típica: PROs de iluminação e segurança. Estes sistemas são muito confiáveis ​​e oferecem uma resposta extremamente rápida. CONs: Os dispositivos e controladores do sistema são muito caros. A instalação em residências também pode ser.

Powerline

Os sinais de controle são transmitidos através das linhas de energia existentes na residência. Aplicação típica: Iluminação, eletrodomésticos, HVAC, sensores de movimento PROs: Estes sistemas são significativamente mais baratos que os sistemas com cabeamento físico, e os interruptores de parede e módulos de lâmpadas geralmente são muito fáceis de instalar. CONs: As condições da linha de energia em casa podem flutuar significativamente e afetar o desempenho e a confiabilidade.

Sem fio

Os sinais de controle são enviados por meio de transmissões de frequência de rádio. Aplicação típica: Iluminação, eletrodomésticos, HVAC, sensores de movimento, câmeras PROs: Estes sistemas também são mais baratos que os com cabeamento físico, interruptores de parede e módulos de lâmpadas muito fáceis de instalar. A confiabilidade está muito próxima da dos sistemas com fio. CONs: Como as tecnologias baseadas em padrões são relativamente novas, a disponibilidade de muitos dispositivos é limitada.

Serial (RS232, RS485)

Os sinais de controle são transmitidos através de cabos seriais. Aplicação típica: Segurança, HVAC, Digital I / O (incluindo sensores – temp, umidade, luz) PROs: comunicações seriais são muito confiáveis ​​e são amplamente utilizadas nas indústrias de segurança e HVAC. CONs: O cabo serial RS-232 normalmente não pode exceder 50 pés e a instalação em residências  também pode ser muito cara ou difícil de fazer.

Ethernet (Rede com / sem fio)

Os sinais de controle são transmitidos através da fiação da rede. Aplicação típica: Segurança,

E / S Digital (incluindo sensores), Infravermelho, Cameras PROs: As comunicações de rede são muito rápidas e muito confiáveis ​​e são usadas extensivamente na I.T. indústria. Às vezes, os dispositivos em rede podem estar localizados fora da rede local e usados ​​em locais remotos. CONs: A instalação em residências pode ser cara se as tecnologias de rede sem fio não puderem ser usadas. Existem poucos dispositivos disponíveis com uma interface de rede.

Infravermelho (IR)

Os sinais de controle são enviados por meio de transmissões de infravermelho (IR). Aplicação típica: Home Entertainment Equipment, Controladores de Shade / Blind PROs: O controle IR permite ofácil controle da maioria das TVs, aparelhos de DVD e sistemas de áudio. CONs: os sinais IR são confiáveis ​​apenas para transmissões de ‘linha de visão’. O alcance estendido para esses dispositivos requer equipamento adicional com complexidade e despesas adicionais.

NOTA: Dependendo de suas necessidades, talvez seja necessário misturar várias tecnologias de controle. Se o controlador escolhido (na etapa 4) não permitir flexibilidade suficiente para suportar todas as tecnologias necessárias, talvez seja necessário recuar e reconsiderar essa opção.

PASSO 6 – Comece a se aprofundar.

Neste ponto, você deve ter um bom controle sobre o que está fazendo, mas antes de dar o mergulho final, é hora de aprofundar-se. Você não compraria um carro sem fazer um teste, certo? As mesmas regras se aplicam aqui.

Lembre-se, você estará vivendo com esse sistema por muitos anos, então você precisa ter certeza de que ficará feliz com isso. A Bass Automação oferece um sistema de automação residencial além de um software controlador totalmente integrados e de acordo com as necessidades do cliente.

PASSO 7 – Mergulhe!

Se você chegou até aqui, parabéns! Sua lista de automação deve agora incluir o que você quer automatizar, como você quer controlá-lo e qual controlador e tecnologias são mais adequados para suas escolhas. Tudo o que resta é comprar seu equipamento e instalá-lo.

Onde comprar?

Seria bom se os equipamentos de automação residencial estivessem prontamente disponíveis na loja de ferragens ou no mercado. Desculpe, você não encontrará ainda! Em vez disso, você pode contar com os produtos da Bass Automação, trabalhamos com as melhores marcas e equipamentos do mercado.

Ao analisar as escolhas, não tenha medo de fazer perguntas. Nós podemos apoiá-lo se você tiver dúvidas!

Instalação

Apresentando soluções em tecnologia, a Bass Automação presta um serviço que proporciona qualidade e conforto para a vida de seus clientes. Elemento que por si só, resume a importância e o cuidado que se deve ter no desenvolvimento deste trabalho.

Acostumada a realizar o projeto e a instalação do sistema de automação residencial, a Bass Automação planeja, gerencia e otimiza o seu atendimento. Tudo para proporcionar a inserção de valores como assertividade e comprometimento. Fatores estes essenciais para a valorização de uma relação de confiança além da satisfação de seus clientes.

PASSO # 8 – Divirta-se!

Uma mudança realmente interessante ocorre quando um sistema de automação residencial é instalado. Você começa a tratar sua casa como um grande sistema unificado em vez de uma coleção de sistemas não relacionados menores. Quando isso acontece, as possibilidades e “e se” começam a surgir. Isto é onde a diversão começa:

  • E se minha casa pudesse me ligar ou me mandar um e-mail quando meu filho chegar da escola?
  • E se a minha TV ou sistema de áudio puder silenciar automaticamente sempre que a campainha ou o telefone tocar?
  • E se minha casa pudesse me lembrar de tomar meu remédio ou pegar minha filha na escola?
  • E se as luzes da casa ligassem um pouco mais cedo que o normal em dias nublados?
  • E se um detector de fumaça puder desligar automaticamente o meu sistema HVAC e me alertar no meu computador do trabalho ou celular?
  • E se os sprinklers não corressem em dias chuvosos?
  • E se o sistema de alarme estivesse desarmado, as luzes acendessem, o termostato aparecesse e minha música favorita começasse a tocar assim que eu estacionasse na garagem?

Se você também quer fazer parte de mundo novo, entre em contato agora mesmo com o time de especialistas em sistema de automação residencial da Bass Automação, nós estamos aguardando seu contato.

Automação Residencial Preço: Saiba Quanto Custa Viver no Futuro

Automação Residencial Preço: Saiba Quanto Custa Viver no Futuro

O valor que você deverá investir para realizar a automação residencial irá depender muito do tamanho de seu imóvel e do tipo de tecnologia que pretende instalar nele.

No geral, os profissionais costumam cobrar um preço médio a partir de R$ 6.000,00, podendo chegar a custar mais de R$ 30.000 para fazer a automação residencial, sendo que esse preço não inclui o que você deverá pagar para adquirir equipamentos que sejam compatíveis com as ferramentas e dispositivos usados na automação residencial.

Pensando nisso, levantamos alguns pontos positivos da automação residencial para você entender melhor qual o seu verdadeiro preço, antes de considerar o valor monetário. Confira:

Automação Residencial Preço: Quanto custa?

Casas inteligentes e automação residencial já foram pensadas para ser algo para o futuro distante, mas agora são uma realidade para muitos. Na verdade, muitos compradores de imóveis mais jovens querem ver a automação residencial nas propriedades que compram, o que faz dela uma boa atualização para revenda.

Uma casa inteligente é definida como uma propriedade que tem suas luzes, aparelhos, segurança e sistema HVAC, entre outras coisas, controladas remotamente através de computadores ou automaticamente através de temporizadores.

Existem muitos sistemas de automação residencial diferentes; É possível incluir apenas um ou usar vários sistemas em uma única casa. A maioria dos sistemas pode ajudar a tornar sua casa mais eficiente em termos de energia, conforto e segurança, algumas das melhorias mais populares em casa.

O sistema de automação residencial consiste em monitoramento remoto, termostatos inteligentes, luzes e recursos de segurança como câmeras e detectores de fumaça. A maioria das pessoas acaba pagando cerca de R$ 2.000,00 por quarto em sua casa que automatizam, oferecendo muita customização.

Como funciona a automação residencial

Existem muitos tipos diferentes de automação residencial e dispositivos domésticos inteligentes, cada um com seu próprio método de operação. Na maioria dos casos, a automação doméstica funciona configurando dispositivos para cuidar de certas tarefas automaticamente, como os termostatos inteligentes que ajustam a temperatura da sala com base em configurações feitas anteriormente ou luzes que podem detectar quando você está na sala e ligar adequadamente.

Alguns desses dispositivos funcionam remotamente. Isso inclui câmeras, sistemas de segurança, termostatos, luzes e aparelhos. Nesses casos, um aplicativo ou programa acessado por meio do smartphone ou computador pode permitir que você controle áreas de sua casa quando estiver ausente.

Assim, enquanto estiver no trabalho, você poderá monitorar sua porta da frente, destrancá-la para seus filhos que chegam da escola, ligar o termostato para aquecer a casa antes de chegar e acender quaisquer luzes de segurança em volta da casa. Muitos desses aplicativos também incluem feeds de vídeo que permitem que você monitore sua casa ao mesmo tempo.

Onde automatizar

Quase qualquer divisão e exterior da sua casa podem ser beneficiados com a automatização. Como por exemplo:

  • Fechaduras da porta da frente
  • Sistemas de segurança
  • Câmeras de segurança
  • Luzes interiores
  • Termostato e sistema HVAC
  • Utensílios de cozinha, como cafeteiras
  • Quartos e janelas
  • Sprinklers
  • Alarmes
  • Portões de garagem

É possível incluir pelo menos um tipo de automação em todos os cômodos da sua casa, no entanto, a maioria das pessoas acabam escolhendo algumas coisas que elas usarão mais, como termostato inteligente, sensor de presença, e monitoramento por vídeo.

Prós e contras

A maioria das pessoas que investe em tecnologia de casa inteligente faz isso porque acha que isso facilitará suas vidas. Essencialmente, ter automação elimina a preocupação com a quantidade de eletricidade que você está usando ou se você se lembra de trancar a porta da frente.

Alguns dos benefícios são:

  • Pode ajudar a tornar sua casa mais segura.
  • Pode reduzir as contas de energia usando aparelhos de forma mais eficiente.
  • Pode liberar seu tempo e tornar seus dias mais eficientes.

No entanto, existem algumas desvantagens para a automação também. A primeira é a despesa; ter automação tem um preço alto. É um grande investimento automatizar totalmente uma casa, bem como taxas de monitoramento para muitos sistemas.

A automação também pode falhar se depender de coisas como o wi-fi, que às vezes pode ser interrompido por períodos prolongados durante tempestades ou manutenção da empresa. Por esse motivo, o sistema pode deixar de funcionar temporariamente e alguns aparelhos podem não ter substituições manuais.

Os aplicativos de automação também podem ficar desatualizados ao longo do tempo, precisando de atualizações e suporte frequentes. Eventualmente, cada peça de automação precisará ser substituída, a um custo adicional.

O que evitar

Hoje é possível automatizar quase toda a sua casa, o que pode levar alguns proprietários a obter mais automação do que realmente precisam ou usarão. Também é possível que os proprietários de residências caiam em certas armadilhas ao tentar criar instalações de bricolagem. Se possível, tenha em mente o seguinte ao considerar a automação residencial:

Avalie com o que você realmente se beneficiaria e gostaria de ter. Por exemplo, uma fechadura inteligente na porta da frente, juntamente com monitoramento remoto, é uma boa ideia para famílias com crianças que voltam sozinhas da escola, mas não são realmente necessárias para um casal sem filhos. Se você estiver configurando a automação com base em um orçamento, lembre-se de pensar muito em suas necessidades.

Não use um sistema de controle de ponto único, como Wi-Fi, para sua configuração. No caso de uma falha de energia, seu sistema pode deixar de funcionar. Certifique-se de que tudo tenha uma substituição manual, se necessário, para garantir que você ainda possa usá-la, mesmo que o wi-fi falhe.

Avalie o uso de monitoramento também. Muitas empresas configuram sua casa para você e adicionam monitoramento residencial por uma taxa mensal pois nem sempre é necessário para todas as residências. Evite usar o monitoramento e os aplicativos que cobram dinheiro por coisas que você mesmo pode fazer.

Planejamento

O primeiro passo para criar um sistema de automação residencial é o planejamento e ele precisa ser feito com cuidado antes de começar. As configurações completas de uma casa inteligente precisam ser pensadas e planejadas por alguns motivos.

A primeira é garantir que cada peça que você adiciona à sua casa seja algo que você precisará e usará.

Em seguida, a localização de cada dispositivo precisa ser bem pensada. Se as luzes com sensor forem usadas, os sensores precisam estar localizados onde possam detectar melhor a presença de alguém em casa. Se um abridor de porta de garagem automática é desejado, então um mapa da entrada de automóveis precisa ser feito para que o sensor possa detectar o controle remoto.

Terceiro, você precisará determinar qual nível de automação deseja.

Conte com a Bass Automação para automatizar e monitorar totalmente cada uma das áreas e dispositivos em sua casa.

Partes de uma casa inteligente

Toda casa inteligente é capaz de ter uma configuração diferente de acordo com as necessidades do proprietário. Há algumas configurações específicas a serem consideradas:

  • Um hub, que é usado para controlar a maioria das partes da sua casa inteligente, se não todas.
  • Os vários dispositivos que você usa, como luzes, aparelhos, câmeras e travas.
  • Programas IFTTT (If This Then That) que ajudam você a obter mais da automação. Por exemplo, você pode definir suas luzes automáticas para ligar de acordo com a luz do lado de fora, em vez de uma hora do dia.
  • Sensores
  • Um sistema sem fio ou com fio para controlar e vincular os dispositivos.
  • Aplicativos para controle e monitoramento.
  • Um sistema de monitoramento.

Hubs e controladores

Os hubs estão lentamente desaparecendo da indústria de automação residencial, mas ainda podem ser necessários e encontrados em determinados sistemas e configurações. Essencialmente, um hub é a unidade central de controle ou dispositivo para todo o seu sistema.

Através de um hub, você pode controlar todas as várias partes do seu sistema automatizado. No entanto, mais dispositivos domésticos inteligentes estão começando a ter controladores integrados, que usam IFTTT para vincular ou ter um aplicativo incorporado que permite controlar esse dispositivo individualmente de qualquer outro.

Plataforma de software singular

Plataformas de software exclusivas são um tipo de hub que permite controlar remotamente todos os vários dispositivos em sua casa por meio de comandos de voz, um aplicativo ou um dispositivo. Há vários para escolher, embora nem todos trabalhem com todos os dispositivos no mercado, por isso é importante fazer uma pesquisa e garantir que os dispositivos desejados serão compatíveis.

Existem algumas plataformas diferentes a serem consideradas, incluindo:

  • HomeKit: feito pela Apple, o HomeKit tem uma grande variedade de itens que podem trabalhar com ele. Você precisará da Apple TV ou de um iPhone para funcionar. Você também precisará escolher entre os parceiros emparelhados com dispositivos como Philips, Honeywell e Haier. Os custos começam em R$ 150 a R$ 250; isso vai subir muito rapidamente a partir daqui quando você emparelha os vários dispositivos com ele.
  • Eco: o ponto Echo da Amazon usa o programa de reconhecimento de voz Alexa para controlar dispositivos emparelhados. Alexa e Echo trabalham via bluetooth, conectando dispositivos dentro da casa um por um. Em alguns casos, pode ser necessário ativar o bluetooth primeiro e, em seguida, fazer um comando, enquanto outros dispositivos podem manter sua conexão melhor. O Echo é vendido por US R$50 a R$ 200, dependendo do modelo.
  • IFTTT: If This Then Isso não é realmente uma plataforma, mas sim uma coleção de serviços gratuitos baseados na web que você pode usar para ajudar a controlar sua casa inteligente. Se você não quiser usar um hub, faça o download de um IFTTT no seu computador ou smartphone e controle as coisas daqui. Novamente, nem tudo será compatível com o sistema, então você pode achar que precisa procurar dispositivos específicos para combinar com a plataforma que você usa.

Aparelhos

As possibilidades para automatizar sua casa são incontáveis. A seguir os tipos mais populares de dispositivos de automação residencial:

  • Caixas de som
  • Switches
  • Alarmes
  • Cortinas
  • Fechaduras
  • Plugs
  • Cafeteiras
  • Abridores de porta de garagem
  • Termostatos
  • Sprinklers
  • Sistema de segurança
  • Luzes

Sistemas de automação residencial profissional

Os sistemas profissionais da Bass Automação, envolvem um representante que vem até sua casa e analisa suas necessidades.

Você seleciona o tipo de plano que deseja, incluindo o nível dos dispositivos e o local desejado. É instalado por nós e, em muitos casos, há monitoramento contínuo também.

Por exemplo, se você usar um sistema de segurança inteligente, que inclui itens como detectores de fumaça e monóxido de carbono 2, eles serão vinculados ao centro de monitoramento. Em caso de emergência, a empresa de monitoramento poderá enviar ajuda.

Os preços começam em cerca de R$ 6.000,00 para as configurações básicas e chegam R$ 30.000,00 para casas totalmente automatizadas com monitoramento.

Protocolos

Todo sistema doméstico inteligente tem sua própria linguagem que usa o hub e software para falar com os vários dispositivos. Isso é nosso protocolo e pode ser tão simples quanto o método usado para vincular as várias partes do sistema.

Existem vários protocolos diferentes disponíveis, mas nem todos eles serão compatíveis com todos os sistemas ou com todas as casas. Uma visão geral básica inclui:

  • Wi-Fi: a maioria das residências tem wi-fi, o que o torna uma opção natural para dispositivos únicos ou para automação inicial.
  • Ethernet: se a sua casa já estiver configurada com um sistema ethernet, você pode usar isso para conectar seus vários dispositivos. Isso tem uma vantagem sobre o wi-fi, pois é mais confiável.
  • Bluetooth: muitos dispositivos funcionam via bluetooth, conectando-se sem fio. Isso pode drenar sua rede se você não tiver banda larga suficiente para suportá-la.
  • UPB: UPB é um sistema powerline projetado exclusivamente para conectar dispositivos de automação residencial. É extremamente confiável e rápido, além de compatível com wi-fi.

Automação Residencial Preço: Instalação

O custo de instalação varia de sistema para sistema e de provedor para provedor.

Depende em grande parte do número de dispositivos, se a sua casa já está ou não ligada à Ethernet ou a outros cabos e se você está ou não recebendo serviços de monitoramento.

Fiação

Todo sistema opera de maneira diferente. Muitos são completamente sem fio, dependendo do Bluetooth ou Wi-Fi para se comunicar entre os dispositivos. Há desvantagens para isso, no entanto, é por isso que algumas empresas oferecem serviços de hardwiring ao redor.

A instalação do ethernet custa cerca de R$ 1.000 por 10 linhas, e você pode precisar de mais do que isso para executar a sua casa inteligente e outros dispositivos. Independentemente do sistema que você usa, muitos precisarão de pelo menos alguma conexão com a Internet para permitir o monitoramento tanto em seu smartphone ou hub, quanto profissionalmente.

Como começar

Se você não estiver pronto para ser totalmente automatizado, há muitas maneiras pequenas de começar a automatizar sua casa.

  • Luzes inteligentes que percebem quando você entra em um ambiente e desliga quando nenhum movimento é detectado por um determinado período de tempo.
  • Termostatos programáveis ​​que permitem desligar o sistema HVAC quando você não está em casa automaticamente para economizar energia.
  • Cafeteiras que podem ser configuradas para ligar automaticamente de manhã antes de você acordar
  • Persianas inteligentes que se abrem automaticamente de manhã e fecham à noite, ou que se fecham quando o sol as atinge para manter a temperatura interna baixa
  • Sensores de portão da garagem que se abrem quando o seu carro entra
  • Fechaduras inteligentes que você pode abrir a partir de um aplicativo

Custos de aprimoramento e melhoria

Estão disponíveis sistemas de home theater inteligentes que podem proporcionar uma experiência melhor com som. Os pacotes começam em torno de R$ 4.500,00 a R$ 10.000,00 para os alto-falantes e hub, e exigem que você tenha algum tipo de conexão Bluetooth ou internet, bem como uma TV ou tela.

Se você estiver envelhecendo, também há dispositivos de automação residencial que podem ajudá-lo, como torneiras que se ligam automaticamente com sensores, portas que se abrem quando você anda em sua direção. Esses custos começam em cerca de R$ 3.000,00 por dispositivo.

Considerações e custos adicionais

  • É possível automatizar quase todas as áreas da sua casa; Seu orçamento é a única restrição ou limite que você pode encontrar.
  • Informe-se sobre a garantia dos dispositivos, você pode achar que muitos têm garantias limitadas de apenas 1 a 5 anos.
  • A conversão para automação pode ajudar você a reduzir seus custos de energia em até 60% para iluminação e 10% a 30% para aquecimento e resfriamento
  • Certifique-se de que todos os seus dispositivos sejam compatíveis ao adicionar. Nem todo sistema funcionará no mesmo protocolo ou hub, portanto verifique novamente antes de adicionar.
  • Você sempre pode adicionar novos dispositivos mais tarde; uma abordagem em escala reduzida funciona melhor no começo, conforme você determina o que funciona melhor para você.

Para determinar se a automação residencial vale a pena para você, descubra porque você quer serviços de automação residencial em primeiro lugar.

Essas razões darão a você algo para mensurar o quanto a automação residencial vale a pena, mesmo que seja uma resposta qualitativa como “conforto”, “conveniência” ou “tranquilidade”.

Não há nada de errado nessas razões. Além disso, conforto e tranquilidade geralmente se traduzem em benefícios quantitativos, como redução de custos e valor de revenda.

Se você estiver interessado em obter segurança, conforto e tranquilidade solicite um orçamento gratuito on-line com a Bass Automação